Universidade de Itaúna realiza Seminário de Estudos Jurídicos

Universidade de Itaúna realiza Seminário de Estudos Jurídicos.

O curso de Direito da Universidade de Itaúna (UIT) tem como foco a formação teórica e prática do profissional da área jurídica, a saber, o militante da advocacia, o juiz, o promotor de justiça, o defensor público e o magistrado em geral. Além disso, o objetivo do curso é trazer números significativos na prestação de serviços jurídicos que atendam a comunidade jurídica estadual. 

Neste contexto a existência do Curso de Direito da UIT forma profissionais capazes de realizar pesquisa e intervenção na realidade social e que reconheçam e vivenciem cotidianamente suas responsabilidades e atribuições na respectiva área. 

Pensando nisso, Universidade realizará nos dias 13 a 16 de maio um Seminário de Estudos Jurídicos. O evento acontece todo ano e é organizado pela Faculdade de Direito e pelo Diretório Acadêmico Gonçalo Coelho. 

Segundo a coordenadora do curso de Direito, Lilian Chequer Bueno, “o seminário é importante para ampliar a cultura humanística dos alunos, professores e operadores do direito”, além disso, o objetivo é atualizar e capacitar os agentes, uma vez que serão discutidos temas atuais e relevantes do Direito.

 O evento começa na segunda-feira (13), tanto no turno da manhã quanto da noite, com a realização de um Júri simulado pelos alunos do Curso de Direito, com a participação especial dos alunos do 10º período, diurno e noturno. Nos demais dias, serão palestras com temas atuais e importantes na área do Direito, tendo em vista a atual realidade vivida pelo país nos últimos anos.

“Todos os palestrantes são de renome nacional em suas respectivas áreas, motivo pelo que não há como destacar um. O Curso de direito e seu Diretório Acadêmico procuraram colocar nomes representativos de todos os seguimentos do Direito, como por exemplo, o Procurador Geral de Justiça, Advogados de grande destaque, Juízes, Professores, entre outros. Todos são autores de conceituadas obras jurídicas respeitadas pela comunidade intelectual nacional” relata a coordenadora Lilian. 

As inscrições estão abertas a partir de hoje (30) e vão até o dia 12 de maio. Os participantes farão um investimento simbólico de R$15,00 para a inscrição e devem escolher os turnos diurno e/ou noturno para participarem. Basta acessar o site www.sympla.com.br.

   

Cronograma

13/05 - segunda-feira

8h – Júri simulado

19h - Júri simulado

 

14/05 - terça-feira

8h – Abertura do evento – turno diurno

8h30 – Palestra: “Alienação Parental” Dra. Juliana Martins da Costa Gontijo Soares

9h30 – Palestra: “Criminalização da LGBTfobia” Dr. Alexandre Gustavo Melo Franco de Moraes Bahia

10h30 – Debates

 

19h – Abertura do evento – turno noturno

19h30 – Palestra: “A influência da mídia no direito penal” Prof. Rogério Greco

21h – Debates

 

15/05 - quarta-feira

8h – Palestra: “Prisão em 2ª instância e presunção da inocência” Profa. Dra. Silvana Lourenço Lobo 

9h – Palestra: “A nova criminalidade e medidas preventivas” Profa. Dra. Daniela Villani Bonaccorsi

10h – Debates

 

19h30 – Palestra: “O alcance da Reforma Trabalhista Brasileira” Prof. Dr. Cleber Lúcio de Almeida

20h30 – Palestra: “A teoria da chance perdida” Profa. Dra. Mônica Cristina Queiroz 21h30 – Debates

 

16/05 - quinta-feira

8h – Palestra: “Crise do direito do trabalho no Brasil” Prof. Dr. Amuri César Alves 

9h – Palestra: “Pós-positivismo e pós democracia: da subjetivização decional à especularização do direito” Profa. Dra. Mariah Brochado ferreira

10h – Debates

 

19h30 – Palestra: “Ministério Público: atuação resolutiva em temas polêmicos e socialmente relevantes” Dr. Antônio Sérgio Toneti

20h30 – Palestra: “A legalidade da democracia” Prof. Dr. Mario Lúcio Quintão

21h30 – Debates